terça-feira, 22 de junho de 2010

Adoração do Coração

Adoração vai muito além de canções ou interpretações.

“Adore o Senhor, seu Deus, e sirva somente a ele.” Lucas 4:8

Adorar ao Senhor é reconhecê-lo como nosso Criador, Salvador e Senhor. O dicionário Aurélio define a palavra adoração como culto a uma divindade; reverência e veneração. No sentido bíblico, adoração é promover o Seu reino e estar em intimidade plena com o Senhor.
No livro Adoração Diante do Trono (2003, pg.197), Ana Paula Valadão menciona que “ adorando o Senhor é que encontramos o consolo e o renovo de que tanto precisamos na hora da dor.
O cristão deve adorá-Lo em todas as circunstâncias, mesmo em tempos difíceis, de sofrimento, desânimo e de tribulação. Sl 42:5.
Apresentamos três pontos importantes sobre adoração ao Senhor mencionados por Clay Peterson (back vocal) no programa Diante do Trono:
1) Adoração deve ser fruto do conhecimento de Deus;
2) Adoração não é música;
3) Adoração diz respeito a Deus e não a nós.
Muito sábio essas três colocações sobre a importância da adoração, precisamos entender que adoração vai muito além de canções ou interpretações, é o resultado do nosso conhecimento da excelência e da importância do Senhor.
Amado (a), não nascemos para murmurar, reclamar, mas nascemos para adorar aquele que é, que era e que há de vir (Ap. 1:8).

Adore, Adore, Adore.
Deus lhe abençoe!
Suely

Um comentário:

Néia (Dulci) disse...

Su, existem tantas maneiras de adorar o Senhor, mas acredito que a forma mais autêntica é aquela que fazemos, imperceptivelmente, através do modo como vivemos. Louvamos a todo instante através das palavras proferidas, das ações benevolentes, até mesmo do silêncio que acalma a ira. Gosto muito de uma frase que ao término da missa, nosso pároco profere: "Glorificai o Senhor com a vossa vida!"