sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A dor da crítica



Todos os dias estamos sujeitos a receber críticas tanto daqueles que nem nos conhecem quanto daqueles que fazem parte da nossa vida. Não é fácil ouvi-las, já que muitas não são tão “construtivas” como parecem e por isso são capazes de até destruir sonhos.

Nem sempre estamos preparados para lidar com essas duras palavras. Elas nos machucam e nos causam dor. Então o que fazer? Ficar magoado? Se isolar em um quarto? Parar com tudo para não ser mais julgado? Certa vez ouvi uma ilustração que me ajudou a enxergar tudo isso de forma diferente e hoje quero compartilhá-la com vocês.

Dezenas de sapinhos participavam de uma competição. O desafio era uma corrida e o vencedor seria aquele que chegasse mais rápido ao topo de uma rampa. Mas o trajeto não era fácil. Além dos obstáculos havia alguém que gritava insistentemente: “Não vai conseguir!”

Cada vez que a palavra de desânimo era lançada em direção aos competidores, um sapinho caía da rampa. “Não vai conseguir”, e mais um sapinho desistia. “Não vai conseguir” e outro sapinho parava. “Não vai conseguir” e caia mais um... e mais um...e mais um...

Mas algo chamava a atenção de todos que assistiam a corrida. Um único sapinho continuava forte e determinado. Ele seguia incansavelmente rumo ao topo. Não demorou muito até cruzar a linha de chegada. Então, o público o cercou. Todos tinham uma mesma pergunta: Sapinho, como você conseguiu? Sapinho? Sapinho?

Sapinhooooo? Depois de alguns minutos perguntando sem parar, todos perceberam que o sapinho era surdo.
Moral de tudo, na corrida pelos nossos sonhos, temos que nos fazer de surdos para aqueles que dizem que não vamos conseguir. Mesmo diante das críticas, continue.

Fonte: lagoinha.com - Juliano Matos

5 comentários:

Lucinalva disse...

Olá Suely
Saudades de você amada. Que linda mensagem, falou muito ao meu coração nesta manhã. Que o Senhor continue sempre te usando neste lindo blog. Bjs

Celina disse...

Oi, Suely,
interessante o artigo.
Se quisermos continuar trabalhando na nossa missão, é bom fazer como o sapinho que chegou ao final: não dar ouvidos às críticas.
Deus esteja com você. Bom sábado e fim de semana.
Celina

disse...

Não dê ouvido aqueles que desejam seu fracasso, que você não consiga nada, aqueles que querem te ferir, te acusar e te parar, não responda a estes continue olhando para o alvo. Eu sempre faço isso, e vejo eles furiosos porque não os ouço e nem perco meu tempo os respondendo. rss
Paz minha linda!

Butterfly Blog disse...

Olá amiga!! Tudo bem?
tempos não passo pelo blog... problemas com o Pc. mais estou de volta.
O primeiro blog que li hoje foi o seu e que lição aprendi.
Muitas vezes precisamos não ouvir a nossa própria voz. Quantas vezes temos algo a fazer e nós mesmos dizemos que não vamos conseguir? Aprendi muito com esse texto. Uma lição pra minha vida.
Bjs e que Deus te abençoe muitãooooooooo!

Denise Malafaia Cerqueira disse...

As vezes nós somos os nossos maiores críticos e nos desmotivamos. Até pelo fato de darmos ouvidos à palavras de desânimo dos outros.
"Quanto a mim ficarei atento ao meu Deus." Esta foi a palavra do salmista
diante daquilo que pudesse paralisá-lo.
Que pela palavra que sai da boca de Deus você seja renovada, querida amiga!
FDS pra você também.
Bjs e paz!